segunda-feira, 7 de março de 2011

Ciclo de Palestras Sobre Educação

Bom, gente, o caso é o seguinte: participo de algumas comunidades de Professores na Internet, e vejo, dia após dia, pessoas com dúvidas sobre a lide docente em si.

Honestamente, desde a adolescência que meu lema é 'se não sei algo, eu descubro'. E, vendo essas questões pipocando de um lado para o outro, tratei de logo pesquisar sobre os assuntos mais recorrentes e graves.

Por esse motivo, estou com um desejo crescente de promover esse ciclo, mas, antes de qualquer coisa, quero ouví-los. Quero saber exatamente quais as suas expectativas, quais os maiores desafios para você, pois, este espaço aqui é para você, e ninguém mais. O que me dizem?

Vamos nos conhecer?

Agora que você já sabe algumas informações sobre esta que vos escreve, estou curiosa: quem é você? de onde é? o que faz? do que gosta? no que acredita?o que devo esperar de você?que tipo de experiências tem? que tipo de dificuldades tem?, em suma, quero conhecer você.

Sinta-se à vontade para escrever tanto quanto achar necessário para responder às perguntas, descrever o que achar importante, fazer menções, citações, perguntas, estamos aqui para isso mesmo. Para debater respeitosamente sobre todos os assuntos pertinentes ao tema deste espaço. Vamos nos conhecer?

Esclarecimentos Iniciais



Como primeiríssima postagem, quero deixar quatro coisas bem claras e bem definidas:

1) Este blog é dedicado aos profissionais da educação básica de países lusófonos. Traduzindo: se você não é professor, diretor de escola, trabalha em qualquer setor de escola ou seja um profissional liberal ligado à prática educativa, este lugar não é para você. Se você não fala português, este lugar não é para você.

2) Este blog não espera 'ensinar padre a rezar missa'. Se você está lendo estas linhas, é por que você é um Professor. Assim sendo, parabéns.Você é dos meus!
Aqui é um lugar de discussão, debate, dê o nome que quiser, não de monólogos enfadonhos intermináveis. Espere ser questionado, entrevistado, sabatinado, quero saber, e quero que saiba disso.

3) Professor não tem gênero neste blog. Vou escrever Professor. Exatamente assim. Nunca Professor (a), Professora, Educador, Educadora, Mestre, seja lá o nome que cada um dá à nobre profissão.

4) Neste blog, como na maioria, não se aceita quaisquer manifestações degradantes às pessoas, seja pelo motivo que for, sob pena de ser banido. Esteja avisado.

Então, agora você já sabe o que pode e o que não pode ser esperado deste espaço da web. Não vale reclamar que não foi alertado. Uma vez isto posto, seja bem-vindo ao ccardinot!

Quem é Cassia Cardinot, afinal?



Cassia Cardinot é uma pessoa real, de carne, osso, sangue, exatamente como você. Natural do Rio de Janeiro, Brasil, tem habilitação profissional em séries iniciais do ensino fundamental e no ensino da Língua Inglesa, ambos em nível técnico.

Atua na área de maneira autônoma há seis anos. É pesquisadora independente há doze anos. Escritora de final de semana há onze anos. Palestrante iniciante. Presidente do Dez e Meio.Com - Educação Acima da Média!, site voltado para a prática docente e suas implicações, que será lançado ainda este ano.

Gosta de um bom diálogo, música, leitura, estudos e cinema. É contra a competição selvagem, drogas, violência, ignorância e falta de liberdade.

Acredita que a Educação é o único caminho conhecido, testado, aprovado e comprovado para a verdadeira liberdade, plenitude e prosperidade. Acredita, também, na meritocracia como a única métrica digna de ser usada.

Entende que cada pessoa é única. Por isso, somos todos iguais, e merecemos ser tratados de maneira igualitária e justa, sem quaisquer bobagens como pré - conceitos ou pré- julgamentos. Cada um é um, e só isso basta.

Mais que isso, é desperdício de espaço gráfico e neurônios. Esta é Cassia Cardinot, senhores. Sem muita pompa, mas com muita autonomia. E você, quem é?