sexta-feira, 22 de junho de 2012

Uma idéia maluca! - Parte 5

De posse das infomações pessoais de seus estudantes, respectivas fotografias, sua lista de pontos a observar, terá condições de montar seu material. Para isso, você também precisará de:
1 caderno milimetrado;
1 caneta,
Tempo.

Na primeira página de seu caderno, faça uma pequena ficha de identificação, com o seu nome, a que escola se refere (no caso de trabalhar em mais de uma), turno, e o que mais considerar pertinente para esse fim. Logo abaixo, enumere sua lista de pontos a observar, literalmente, como no exemplo:
1 - Presença;
2 - Pontualidade,
3 - Apresentação. E assim por diante.

Virando a primeira folha, comece a pôr os dados dos aprendente logo na segunda folha, começando pela fotografia, no canto superior esquerdo, ao lado da foto, escreva o nome e demais dados coletados. Uma vez terminada esta etapa,  pule um quadrinho e escreva os números correspondentes à sua lista de atributos, em ordem crescente.

Abaixo do quadrinho que foi pulado, escreva, em ordem crescente os números de 01 -31, que são o número máximo que um mês pode ter. No quadrinho pulado, escreva apenas a primeira letra, em maiúsculo, do mês em questão, neste caso, estamos, em Junho, J, portanto.

Repita o processo de escrever os números de sua lista, a primeira letra do mês e o número máximo de dias, para todos os meses. Dependendo do tamanho do caderno adotado, você obterá duas tabelas verticais no caderno de 1/4, que o foi o que adotei para meu uso pessoal, ou três tabelas verticais e uma horizontal no caderno de tamanho universitário. Faça isso para cada aluno. Por questões de economia de tempo, você pode adotar o uso de carimbos: um numérico e um alfabético, para lhe auxiliar na confecção das tabelas.

A utilização não poderia ser mais simples: é como palavras cruzadas. Se você gosta de trabalhar com conceitos, você atribuirá um conceito a cada item avaliado naquele dia, aqui, foram enumerados 10 itens diferentes, portanto, o estudante tem 10 possibilidades de obter até dez conceitos máximos, sem prejuízo algum ao conceito final.

Se você é como eu, e prefere trabalhar com números, dê nota de 0 a 10 em cada item.  Ao fim de uma semana, você irá reparar que ficará mais fácil saber exatamente o que cada um sabe, como e quanto, e também será mais fácil atribuir conceitos e notas finais, bem como argumentar com pais e responsáveis sobre os resultados dos estudantes.

Experimente e conte aqui no blog como se saiu, o que achou bom e o que não gostou e nos dê sugestões para posterior aperfeiçoamento.


Nenhum comentário: