sábado, 8 de fevereiro de 2014

Uniforme Escolar - Parte 5

Em nossa última conversa, eu prometi  que hoje nos dedicaríamos às texturas dos materiais usados para a fabricação dos uniformes escolares. Cá estamos nós! Bom,  como pode reparar, um uniforme escolar pode ser feito de qualquer material que se deseje, até de folha de bananeira!, entretanto, a textura dele está intrinsicamente ligada ao seu peso, aparência, manutenção e conforto ao vestir. O desconforto proveniente de uma má escolha pode atrapalhar muito ao estudante a se concentrar naquilo que realmente deve ser o foco de sua atenção: o estudo. 

Portanto, se faz necessário que o material escolhido seja leve, fresco e macio, ao invés de pesado, quente e duro. O peso deve ser medido de acordo com o peso, idade e altura de cada estudante, ou seja, se é um indivíduo de 22kg, 6 anos de idade e 1, 2 m de altura, devo supor que o máximo que este indvíduo deverá vestir, em dias de calor será um uniforme de malha 2.0, não mais que isso, ou seu equivalente em tecido.

Em nossa próxima e última postagem da série, conversaremos sobre os feitios dos uniformes e como estes comunicam o que cada escola pensa ser bom para seu estudante. Nos vemos lá!

Nenhum comentário: